Literatura Fantástica Brasileira

Literatura Fantástica Brasileira

Listinhas manjadas.

livros ruins


Por Equipe Literatura Fantástica Brasileira.

Ultimamente temos recebido alguns e-mail indagando se não nos manifestaremos a respeito de algumas listas de "autores mais lidos do Brasil" que foram divulgadas nos últimos dias.

A resposta é simples, curta e grossa: não.

E por que não?

Porque honestamente chegamos à conclusão de que esse tipo de lista não passa de mero marketing para autores que jamais mereceriam fazer parte dela, cuja presença só serve para causar espanto, raiva ou estranheza em leitores e profissionais do meio literário, desse modo, atraindo a atenção tanto para esses "autores" quanto para quem publica tais listas.

Sabe o que é curioso?

É que um ou dois dias após a divulgação dessa tão retumbante lista, que foi incansavelmente divulgada em quase toda a mídia, o Estão divulgou uma pesquisa do mesmo gênero, mas realizada por outro instituto, que passou desapercebida, exatamente por ela não trazer os nomes que tanto causaram alvoroço na lista alardeada.

A matéria pode ser lida no Estadão, basta acessas o link.

Entende o motivo de não levarmos essas listas a sério?

Autores renomados, como Machado de Assis, que obviamente está presente na lista, não necessitam desse tipo de manobra marqueteira, eles, por si mesmos, já é um marketing pronto.

E nossa opinião a respeito desse tipo de "escritor" que parece ex-participante de BBB, fazendo de tudo para estar na mídia e, com isso, vender o lixo que produz, já foi dada em matérias anteriores.

Deixamos esse tipo de assunto para blog´s que querem chamar a atenção, irrelevantes, que muito pouco ou praticamente nada acrescentam ao mundo literário.

Mudando de assunto.

Colocando em prática uma das ideias que a nova equipe tem em mente, estamos preparando entrevistas muito interessantes para as próximas semanas.

E nós achamos, só achamos, que o bicho vai pegar.

Entre em contato: litfanbr@gmail.com



2 comentários:

  1. E não adianta ficar comentando logado no seu bloguezinho porco porque não publicaremos.
    Quer linkar sua tosquice na nossa página?
    Sem chance.
    Não daremos mais ração para trolls.

    ResponderExcluir
  2. Olá, pessoal. Tudo bem? Espero que sim.

    Realmente trabalhar com listas é algo complicado. É preciso ver onde se pesquisa, com quem se pesquisa e o teor de seriedade e experiência no assunto com o qual os participantes vão tratar da pauta (não é por acaso que o Steve Rogers ia pesquisar sobre a Xuxa em "Capitão América - Soldado Invernal"...).

    Sem contar que o público, muitas vezes, vota pela questão da popularidade. O site Listas Literárias já fez uma pesquisa sobre os maiores autores da literatura fantástica e deu alguns resultados complicados. Além de Raphael Dracoon, uma figurinha que vocês já conhecem, temos outros autores que dão a entender que ser um dos melhores é o mesmo que ter popularidade/bons índices de vendas.

    Confesso que não sou santo. Tenho uma lista dos 100 melhores livros da literatura universal e quero ler pelo menos 10 livros por ano de lá para ter tempo e poder ler trabalhos não listados (já leram O Conde de Monte Cristo? Recomendo e muito! Faz o Batman parecer uma moça...). Mas por que tenho tal lista e quero segui-la? Porque precisei de uma base orientadora. E creio que é isso que as pessoas buscam nelas. O ruim é a falta de discernimento para criar a sua própria.

    Obrigado a todos(as).

    ResponderExcluir

Pode chorar...