Literatura Fantástica Brasileira

Literatura Fantástica Brasileira

Fim da novela.

Selo Literata

Por Astrid Underground.

Antes de começar peço para que leia a matéria que escrevi há alguns meses "Literata Fechando as Portas", caso ainda não tenha lido, ok?

Para muitos essa não deve ser uma notícia nova, mas como o clã de leitores do LitFanBR não é formado somente por "antenados" nas notícias editoriais vou publicar aqui para que todos saibam o paradeiro da famigerada Editora Literata que por tantas vezes foi citada em matérias aqui no blog.

Caso prefira, leia o texto original na página da Editora Arwen, mas vou transcrevê-lo aqui:

[COMUNICADO] Literata vira selo editorial da Editora Arwen
12/10/2014 por Editora Arwen

Literata vira selo editorial da Editora Arwen

Com mais de quatro anos no mercado, a empresa integra agora um novo grupo


Foram mais de 100 títulos e 30 autores publicados pela Editora Literata em seus anos no mercado editorial. Por meio dela, diversas portas para a literatura nacional foram abertas e muitos escritores puderam ver seus livros, de fato, sendo realizados.

Depois do sucesso da Bienal do Livro de São Paulo neste ano, na qual a Literata participou em peso, muitas coisas mudaram para a editora. No stand, mal cabiam os leitores e os livros se esgotaram. Com isso, a necessidade de expandir foi o que motivou o ex-editor Eduardo Bonito a iniciar as negociações.

Em novembro, a Editora Arwen, do também autor André C. S. Santos, adquiriu os títulos e tornou a Literata um selo editorial. A editora tem dois anos de existência e possui em seu catálogo três livros de grande premissa, com futuros lançamentos que também estão envolvendo os leitores. Agora, administrada por uma nova equipe, Arwen e Literata formam, juntas, um grupo que está focado em profissionalizar autores nacionais, oferecendo aos leitores títulos de qualidade.

“Não podíamos deixar que a Literata simplesmente se fechasse. Eles conquistaram muito e, com certeza, poderiam abrir portas para a Arwen. Agora as duas trabalharão para conquistar ainda mais”, explica o novo editor.

Segundo ele, alguns autores da antiga Literata continuarão com o selo, já outros estão seguindo rumos diferentes. Algumas mudanças também já podem ser notadas nas redes sociais da editora, como o novo logotipo adotado pela empresa e o website, totalmente reformulado.

“O meu ciclo com a Literata se fechou. Foram mais de quatro anos maravilhosos que, como editor, passei por coisas boas e ruins. Realizamos os sonhos de muitos autores e agradeço a todos por isso. Posso dizer que deixo a editora em ótimas mãos”, disse o ex-editor Eduardo Bonito.

O Grupo Arwen confirmou que os livros da Literata serão reeditados e os leitores poderão acompanhar todas as novidades pelo site e redes sociais. Ainda, segundo eles, o primeiro lançamento poderá acontecer ainda em janeiro de 2015.

Para mais informações, acesse: www.editoraarwen.com.br




AbWord Comunicação
Assessoria de Imprensa e Editorial

Esse é o texto que se encontra pela internet afora sempre que se pesquisa a respeito do fim da Literata.

Certo, então esse foi o desfecho para a Literata e embora eu ainda desconheça a qualidade do trabalho da Editora Arwen torço de verdade para que o pessoal desenvolva um trabalho de qualidade e que ela tenha absorvido para seu casting somente os autores realmente bons e tenham deixado o lixo para trás.

Sim, na Literata havia bons escritores, o que não havia era uma boa administração. Dizer que a Literata foi um "sucesso" na última Bienal e logo em seguida o dito cujo decidir vendê-la é insultar nossa intelectualidade, concordam? Por que alguém decide dar fim em algo que fazia sucesso, como diz ele? Necessidade de expandir a editora transformando-a em um mero selo de outra editora? Mas, será que a Literata pagou pelo stand da Bienal? Até onde soube ela deu um baita calote... E a crise que autores como Susy Ramone declarou abertamente existir, foi um devaneio dela e dos demais que afirmavam o mesmo?

A verdade é que o cidadão não aguentou o tranco, não suportou ver todas as suas picaretagens serem expostas aqui no blog. Enquanto todos estavam calados, sem voz ativa, sem ter pra quem reclamar, Literata (assim como outras editoras desmascaradas aqui) deitavam e rolavam, e ainda riam da cara de quem pagava para receber revisões feitas no Word e caixas de livros de péssima qualidade que só serviam para entulhar algum cômodo da casa. Com o aparecimento do blog quem não teve condições de andar na linha pediu pra cagar e saiu.

Parece piada ele dizer que vendeu a editora para "expandí-la", o cara é um fanfarrão e continua achando que somos idiotas, como aquele otário que era explorado pela editora toda, trabalhando de graça pra eles.

E já que mencionei esse cidadão explorado, que se diz o "master incentivator" da literatura, parece que ele não tem entregado os livros prometidos àqueles que participam das antologias por ele organizadas. Um infeliz que mal domina regras orto-gramaticais deve desenvolver um excelente trabalho com antologias.

Depois fica cheio de mania de perseguição quando publicamos alguma coisa sobre as merdas que ele faz, se fazendo de coitadinho. "Ah, é porque eu sou preto", "Ah, é porque eu sou viado". Não cara, não é devido à sua opção sexual ou sua etnia, é porque você é um mau caráter e incompetente, não deu ainda pra entender?

O que eu não entendo é como ainda exista quem caia nas conversinhas desse cara, tem que ser mais idiota que ele e, no fundo, se depois de tudo o que já foi dito sobre essa criatura ainda tem gente que se sujeita a trabalhar com ele, tem mais é que se foder mesmo.

Mas não vou ficar chutando cachorro morto, o imbecil já está "in memorian", assim como outros excrementos literários que, com o fim da famigerada editora, caíram no limbo literário, onde é o lugar deles, e é isso o que importa. Embora haja os que ainda estejam meio moribundos, agonizantes, no meio da própria merda, estão se enterrando por si mesmos.

Enfim, é isso aí, desejo sucesso à Editora Arwen e que ela, se algum dia figurar em alguma matéria minha especialmente dedicada à ela, seja por motivos edificantes e não para críticas ou denúncias.

Em tempo, vovó Astrid tá boca suja mesmo.

Entre em contato: litfanbr@gmail.com


2 comentários:

  1. Vou seguir a mesma premissa da antiga moderação: comentários anônimos não serão publicados. Quem quiser vir aqui escrever merda que ao menos tenha a coragem de se identificar, caso contrário, que vá trollar na puta que pariu.

    ResponderExcluir
  2. Acho seus textos muito bons. Tenho a leve impressão que é devido ao fato de não ter papas na língua. Fala a verdade mesmo!

    ResponderExcluir

Pode chorar...