Literatura Fantástica Brasileira

Literatura Fantástica Brasileira

Bate-Papo com o Editor.

Editor Literatura Fantástica

Por Chutenacara.com.br.

Alguns e-mails nos chegaram após a "reabertura" do blog, e como estou com uma puta preguiça de responder, farei isso nessa postagem numa forma de bate-papo, assim já respondo a quem perguntou e a quem está pensando em perguntar.

Primeiro, alguns questionaram o fato de nossas últimas matérias não serem nada além de links para matérias de outras páginas.

Sim, isso é verdade. E sabem o porquê? Porque todos aqueles que colaboravam com a página deixaram de o fazer, inclusive eu, que não tenho mais saco. Saco de quê? De perder meu tempo escrevendo para algumas pessoas que parecem ser incapazes de assimilar o conteúdo que é publicado. Não sei se por tapadez (se é que esse termo existe), por demência ou por terem o rabo preso com toda a merda que acontece no meio literário. Porra, comentaram aqui esses dias que nós formamos algum tipo de "Cartel" e sei lá mais o quê. Será que o imbecil que tem essa opinião sobre quem escreve para o blog realmente o acompanha ou é algum pára-quedista que aparece aqui para ficar trollando? Por essas e por outras sou contra a possibilidade de se cometar de forma anônima aqui e talvez eu realize certas alterações em relação a isso. Bom, o que me consola é que muito do que já publiquei aqui ajudou a salvar escritores novatos desses editores patifes, mas ainda assim, não tenho mais aquele "tesão" de ficar escrevendo pra cá.

Por que "reabriram" o blog se não estão mais publicando matérias relevantes?

Hesitei bastante em reativar a página, que permanecia visível apenas a quem solicitou visualizá-lo através de e-mail. Mas, ainda assim, muitos se queixaram de que ele possui informações bastante relevantes sobre tudo de errado que acontece dentro da literatura e que, por esse motivo, deveria estar em "domínio público". Resolvi atender a esses apelos e então o "reabrí", liberando o que já foi publicado,  mas honestamente eu não tenho intenção de continuar escrevendo pra cá, pelos motivos que já disse.

Por que os outros colaboradores abandonaram o blog?

Não dá para responder por todos, cada um tem seu motivo particular, então pergunte pra eles. Eu sei de mim, e como diz o filósofo: "cada cachorro que lamba sua caceta".

Então o blog viverá apenas do seu "arquivo"?

É possível, no que depender de mim, mas me parece que a colega Astrid ainda tem alguma coisa para publicar, e caso surja mais alguém que queira escrever para cá, seu material será analisado e publicado. Mas o que já foi publicado é o suficiente para que o Literatura Fantástica Brasileira esteja entre as páginas mais relevantes dentro meio, queira a gentalha ou não.

Há boatos de que vocês "arregaram" devido a ameaças de processo, é verdade?

Ameaças de processo sempre existiram, mas nenhuma se confirmou. Se fôssemos encerrar o blog por causa disso, o teríamos fechado no primeiro mês em que ele estava no ar. E quem ameaçou de processar? Walter Tierno? Eddy Khaos? Eduardo Bonito? Organizadores do Asgard? Pessoal da Literata? Que façam isso, processem, como já dissemos aqui várias vezes. Contra fatos não há argumentos e nunca publicamos uma vírgula que não fosse verdade.

Por que o blog ficou "secreto"?

Visto que quase todos os colaboradores desistiram de escrever para cá, na época não via lógica em mantê-lo no ar, mas conforme disse acima, acabei mudando de ideia. Engraçado que tem gente que na falta de assunto, ou apenas com o intuito de "causar" aqui na página, aparece com comentários estúpidos como "o blog não reabriu hoje, eu acessava todo dia e não conseguia entrar". Ok, se você leu o que estou escrevendo já entendeu, se não entendeu, procure um psiquiatra. E que diferença faz? Porra, vá procurar o que fazer! Se "você" não leu quer dizer que ninguém leu? Porra...

Então é o fim do blog?

Não sei, como disse acima, depende das matérias que eu receber para publicar. Mas não me venham mais com historinhas de "mais do mesmo", certo? Todo mundo que acompanha o blog já está cansado de conhecer a meia dúzia que volta e meia figura nas denúncias que são feitas e acredito que já tenha sido dado espaço demais para essa corja, que jamais tentou ao menos se defender, muito pelo contrário, fazem comentários anônimos na ânsia de desprestigiar o blog. Tadinhos. 

Se forem enviar alguma coisa, enviem informações novas, coisas que realmente valham a pena serem publicadas.

Sim, tio Chutenacara não tem mais paciência, tá ficando véio e esclerosado, os joelhos doem, o pipi não sobe mais, a dentadura tá dançando na boca e a peruca caiu na privada, então não venham mais me perturbar porque estou sem papas na língua.

O choro é livre.

Lamente-se em litfanbr@gmail.com

2 comentários:

  1. Como já mencionei, o blog precisa ficar aberto não apenas por conta do arquivo, mas para dizer a todos que as denuncias acerca das picaretagens do meio literário serão validadas e se confirmadas, cairão aqui.

    A falta de novas denúncias pode significar que muitos picaretas estão se sentindo coagidos e evitando falcatruas a fim de evitar serem desmascarados no blog.

    Agora pergunto: O blog é ou não importante para o mercado literário nacional? Mesmo sem novas postagens?

    Tem muita gente que reclama dessa fase porque só vinha aqui pra ver barracos e o circo pegando fogo, e esquecem que não dá pra fazer espetáculo sem artistas para apresentar.

    Fico imaginando o frio percorrendo a espinha de um editor ao perceber que um autor prejudicado o denunciará na LitfanBR. Meu Deus... bom demais!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente Rômulo, se faltam denúncias para serem publicadas por aqui é porque de duas uma: ou o pessoal do meio está trabalhando decentemente ou estão fazendo a merda tão bem feita que ninguém percebe para denunciar.

      Excluir

Pode chorar...