Literatura Fantástica Brasileira

Literatura Fantástica Brasileira

Liberdade de expressão.



Por Chutenacara.com.br.

O regime democrático que atualmente vigora no Brasil se iniciou em 1984.

Democracia é o regime onde todo cidadão tem o direito de expressar abertamente sua opinião, sem que haja nenhum tipo de censura, de forma que a verdade se torne pública e seus relatores não sofram nenhum tipo de penalização. Expressar opinião, ressalto, não se refere à depredações ou vandalismo mas sim à utilização de qualquer forma de comunicação para se expressar sentimentos, ideias e pensamentos, e está garantida na Constituição Federal.

Com a popularização da internet é brutal a velocidade com que informações são disseminadas, de forma que notícias correm o mundo todo em questão de segundos, o que fortalece ainda mais esse direito que todos nós brasileiros possuímos.

O curioso é que nos últimos tempos há quem ainda insista em tentar calar a boca daqueles que possuem coragem de expressar sua opinião. Ameaças de processo e até mesmo de prisões a todo aquele que expresse seu modo de pensar volta e meia assombram os que não possuem papas na língua (ou nos dedos).

Quando resolvemos criar esse blog tínhamos em mente abrir um espaço para que as pessoas que se sentissem lesadas dentro do meio literário pudessem se manifestar, especificamente dentro da literatura fantástica.

Embora muita gente tenha se esforçado para destruir a reputação da página e com isso abalar a credibilidade do que aqui é publicado o Literatura Fantástica Brasileira acabou por se tornar uma página de referência tanto para quem trabalha com a literatura como para novos escritores que buscam respostas às suas indagações acerca do universo das letras.

Concordo que em determinadas publicações tenham ocorrido exageros (sem que fugissem da realidade dos fatos), porém o intuito sempre foi desmascarar todo aquele que se utiliza da literatura para propósitos vis, prejudicando quem procura trabalhar com a seriedade que a literatura merece.

Inicialmente apenas alguns tinham coragem de publicar matérias aqui no blog, mas conforme a página foi se popularizando mais pessoas tomaram coragem e puseram a boca no trombone, para o terror dos editores e escritores que até então viam-se livres para agir de maneira indigna, desonesta e desavergonhada.

Hoje basta dizer "vou mandar uma matéria sobre você para o Literatura Fantástica Brasileira" ou "eu conheço quem escreve matérias para o blog Literatura Fantástica Brasileira" para que o tom argumentativo do possível charlatão mude instantaneamente. Isso nos enche de orgulho, claro, por termos construído uma página onde escritores e leitores podem realizar suas denúncias, o que até então inexistia.

Em vista disso convidamos todos os que de alguma forma foram prejudicados dentro do meio literário para que nos enviem suas denúncias, sem medo algum.

Chega de aceitar contratos que beneficiam apenas as editoras, basta de escritores medíocres empurrando lixo literário nos leitores, passou da hora de se pôr um ponto final nisso tudo.

Utilize um pseudônimo, como inclusive eu faço, e se ainda assim a parte denunciada for capaz de identificá-lo(a) não se preocupe. Recebemos muitas ameaças de processos por parte da escória literária, e até então nenhuma delas se concretizou. Por quê? Porque caso algum dos denunciados assim o fizesse a repercussão de tal atitude seria tamanha que sua imagem seria destruída, e provavelmente teriam que fechar as portas da sua "editora" ou encerrar sua carreira. E, acima de tudo, não fazemos nada mais do que relatar a verdade, um direito constitucional nosso.

Temos todo o direito de expressar nossas opiniões, e enquanto houverem aqueles que merecem ser denunciados e esculhambados em nosso blog, assim será feito.

Literatura não é galinha dos ovos de ouro, não é calçada da fama, e temos que lutar para erradicar todos aqueles que insistem em manter esse modo de pensar.

Entre em contato: litfanbr@gmail.com






3 comentários:

  1. Excelente iniciativa.

    É sabido por muitos que venho acompanhando este blog. Não tenho nada para denunciar, contudo.

    Mas quero deixar os meus parabéns à equipe do LitfanBR pela abertura do espaço onde aqueles que se sentirem lesados possam levar suas estórias ao público. Mas é importante criar um meio de validação dos fatos, para evitar que falsas denúncias atinjam aqueles que trabalham de forma correta.

    Isso só trará benefícios para o mercado. Ganhão os bons editores e autores. Além dos leitores em geral.

    ResponderExcluir
  2. Respostas
    1. O texto deve ter sido revisado pelo pessoal da Estronho, uhuahahhaua.

      Excluir

Pode chorar...