Literatura Fantástica Brasileira

Literatura Fantástica Brasileira

Receita para abrir uma editora.

Literatura Fantástica Brasileira

Por Chutenacara.com.br


Receita para se montar uma editora: 



1) Faca uma página na internet e diga-se aberta a escritores novatos.


2) Proponha uma parceria, 50-50% de custos e lucros e peca um adiantado para "dar início aos trabalhos". 

3) Invente a história de que tem de comprar papel de alguém que faliu e que dessa forma o livro terá uma tiragem muito maior. Basta o autor dar mais um pouco de dinheiro, que poderão imprimir de 2 a 3 mil exemplares. 

4) Faltando pouco tempo para o lancamento, quando o bicho pegar com os terceirizados (revisão, edicao, capa) diga que nao tem dinheiro no momento. Deixe o autor agonizar entre pagar pelo trabalho e lancar na data combinada ou adiar o lançamento. Caso ele opte por adiar, repita o passo 4. 

5) Depois que ele já pagou tudo, diminua drasticamente a quantidade de exemplares.Lembra-se dos 2-3 mil? "Por agora não dá, o orcamento ficou inviável. Vamos fazer apenas 200 para suprir a demanda inicial depois fazemos o resto". 

6) Obviamente, o 50-50% nao existe, já que o autor pagou tudo. Mesmo assim, caso voce resolva imprimir os livros, lembre-se que voce controla a distribuicao e a receita (o dinheiro sempre passa em sua mão). CASO voce resolva fazer o repasse, retire seus 50%, já que "no futuro" estarão imprimindo o restante dos livros.

7)Se o autor reclamar, problema dele. Afinal, voce controla todos os passos da venda, se ele te encher muito voce pode ter "problemas" em entregar os livros desse autor para as livrarias.
8)Na verdade, voce está pouco se lixando para os autores já publicados, já que a essa altura eles não são interessantes para voce. Deixe a distribuicao e venda de lado e concentre-se em ir a bienais e feiras do livro, com o intuito de cooptar novos autores porque o dinheiro grosso vem desses incautos. Os mais velhos já sacaram o seu esquema e estão pulando fora, simpelsmente esperando os livros se esgotarem. Ou os mais bobos, aguardando quando é que você irá finalmente "imprimir o resto que faltou". Deixe-os no banho maria esperando eles desistirem. 

9)Por medo de mancharem a reputacao que ainda não tem, nenhum autor bota a boca no trombone, tentam colocar panos quentes. No meio tempo, você vai aumentando sua lista de ISBN's para futura referência. 

10) Sua lista de ISBN agora consta com 40 títulos, entre impressos e não-impressos. Algo respeitavel. De vez em quando, se a grana apertar, esqueca a parte de imprimir e dê um calote principalmente se a vítima estiver bem longe de voce. No Brasil a lei é morosa e um processo custa caro. Se o bicho pegar mesmo, dê uns calotes em sequência para juntar uma graninha e saia de férias. Quando voltar ninguém mais se lembra. 

Tudo bem, você vai ter abrir uma outra empresa e comecar do zero, mas, pensando bem, não foi tão difícil da primeira vez....

Entre em contato: litfanbr@gmail.com


Isso é o que se denomina "escritor" na atualidade.



5 comentários:

  1. Voce esqueceu de mencionar todo o plano de mídia/ marketing e RP que você tem preparado para o livro do autor !!! Fica entre o 2 ou O 3 item. Diga que vai ser um sucesso " Felomenal " como dizia giovanni improtta. Como 100% dos escritores correm em busca de divulgar seu livro e conseguir qualquer mídia espontânea...não vai ser difícil mostrar o resultado de outros escritores da casa que conseguiram algum espaço.

    ResponderExcluir
  2. No item 10 - se a grana apertar, você também pode dar uma boa olhada na sua lista de escritores , afinal, 40 escritores trabalhando pra casa não é pouca merda....Escolha uns 5 ou 8 escritores, que você tenha conhecimento de ter outras obras prontas: E faça uma venda casada !! e la vem o golpe....

    Escreve para esse pseudo-escritor, dizendo que os livros se esgotaram !! E que você precisa fazer uma segunda tiragem, que já tem até pedido! Isso vai ajudar no poder de persuasão ! ...digam como é sensacional a obra e a importância de se fazer uma segunda edição....Coloque o cara lá para cima !!! Aí vem o golpe...preste atenção : Diga a ele que você só vai fazer uma segunda edição se o escritor fechar o próximo livro com você ! Diga que com a segunda edição ...o escritor poderá pagar a segunda obra....Não é incrível !!!! Aí o ciclo retorna para o item 2 . Gênio !!!

    ResponderExcluir
  3. Mantenha os emails de todos os autores, mesmo aqueles com quem teve problema. De vez em quando escreva para eles convidando para comparecer à Bienal com sua obra. Ofereça uma tiragem mínima de X exemplares pela metade do preço normal e coloque um prazo para aderir. Prazo curto, mesmo que a bienal esteja longe.

    ResponderExcluir
  4. olá,sou dona de um blog de literatura, e gostaria de saber se estás disponivel para parcerias.
    grata

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma vez que nos dedicamos a desmascarar pilantragens literárias não seria de bom tom nos "aliarmos" a blog´s literários, correndo o risco de sermos obrigados a denunciar algo que nele fosse publicado.
      mas agradecemos o interesse.

      Excluir

Pode chorar...