Literatura Fantástica Brasileira

Literatura Fantástica Brasileira

Incentivo ao escritor nacional.


Por Equipe Literatura Fantástica Brasileira.

Publicamos a imagem acima para esclarecer àqueles que por ventura almejem embrenhar-se no meio literário de como ele funciona.

Seremos sinceros e diretos: procure outra coisa pra fazer.

No Brasil não basta ter talento, há sobretudo a necessidade de escapar das "editoras-armadilhas" como Dracaena, Baraúna, Literata, Livropronto, Estronho, Canápe, entre outras. Ter estômago forte para submeter-se a conviver com pessoas de péssima reputação e talento no mínimo duvidoso ingressando assim na tão famigerada "panelinha" literária. Vencer aqueles que por falta de competência dedicam-se a rebaixar qualquer trabalho novo que ofusque o lixo que produzem e, acima de tudo, dinheiro! Oh sim, uma quantia razoável do vil metal!

Dinheiro para publicar do próprio bolso (encontrando antes de tudo uma editora decente que cumpra o que promete, não uma dessas acima citadas) algo que não sai por menos de R$ 5.000,00 e, enfim, grana para bancar o marketing da sua obra, conforme a ilustração acima.

Animador, não é mesmo?

Assim é o incentivo à cultura no nosso país.

Melhor montar um grupo de funk, dá mais dinheiro, recebe maiores incentivos do governo e de quebra você pega umas piriguetes e toma uns gorós, concorda?

Entre em contato: litfanbr@gmail.com

Um comentário:

  1. Já cheguei a conclusão que a profissão de escritor é a mais indigna no Brasil :(

    ResponderExcluir

Pode chorar...