Literatura Fantástica Brasileira

Literatura Fantástica Brasileira

A festa das antologias.


Por Chutenacara.com.br.


Com o final de 2012 se aproximando já é possível constatar diversos fatos em relação à literatura fantástica brasileira.



E um dos mais curiosos é o de ter havido uma ligeira queda na quantidade de "antologias caça niqueis" lançadas durante o ano.


Será que procede mesmo a informação ou é apenas impressão nossa?

Infelizmente houve uma queda nos lançamentos literários não somente em relação às antologias, mas no mercado editorial brasileiro de uma forma geral, queda essa que chega ao patamar de quase 50%.

Porém, para nossa tristeza, a queda no lançamento dessas verdadeiras armadilhas literárias não foi tão grande quanto esperávamos. Um colega do meio contabilizou 46 antologias já lançadas em 2012, contra 49 no ano anterior.

Pois é, os lançamentos prosseguem, o que mudou foi o dato de os envolvidos não fazerem mais tanto alarde na divulgação desses trabalhos.


Mas por que isso acontece?

Pode ser que as editoras se conscientizaram de que esse tipo de trabalho visa somente o enchimento dos bolsos de seus organizadores, e não o deles, o que os desmotiva a financiar orgias de pelação de saco e de massageamento de ego.

Talvez tenha sido pela queda de leitores do gênero, o que desmotivou as editoras a abraçarem essas causas perdidas, ou seja, o lucro não é mais tão atraente como antes.

Ou então, finalmente, os autores perceberam que não dá futuro participar desses trabalhos e que empregar seu dinheiro no embarque dessas canoas furadas é burrice.

Enfim, a hipótese que (sem falsa modéstia) mais me agrada: seria o medo da picaretada ter sua fuça estampada em nosso blog.

Difícil afirmar com precisão o que tenha causado isso tudo, mas a verdade é que basta verificar a caixa de entrada de e-mails e as redes sociais para constatar que a "festinha das antologias" diminuiu, ou pelo menos os sanguessugas literários estão se contendo mais ao realizar a divulgação delas.

Talvez, estejam envergonhados deles mesmos.

Entre em contato: litfanbr@gmail.com





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pode chorar...