Literatura Fantástica Brasileira

Literatura Fantástica Brasileira

Editora Literata e The Burns - Plágio?



Por Astrid Underground.


E cá estou novamente escrevendo uma matéria muito interessante sobre as picaretices que pululam dentro do "maravilhoso mundo da literatura fantástica brasileira".

Mas dessa vez não vou mais cutucar a ferida dos que teimam em perpetuar a pilantrice dentro do meio, mas sim entregar de bandeja um descarado plágio feito pela Editora Literata (http://www.editoraliterata.com.br/).
Antes de dizer alguma coisa, apresento a prova cabal do ocorrido:


Atentem-se agora à capa do livro publicado pela Editora Literata:

Notaram alguma semelhança?
E ainda tem gente que disse que "o capista cometeu um equívoco ao criar a capa, mas que será solucionado esse problema".
Ora, e editora em questão não possui uma pessoa responsável por averiguar o que é publicado antes de o trabalho ser divulgado?
Nota-se como essas "editoras" são profissionais e prezam pela qualidade do que publicam.
E parece que o autor da obra não está muito preocupado com isso visto que criou até uma página para sua obra-prima: http://serietheburns.blogspot.com.br/
O mais curioso disso tudo é que sempre é a mesma gentalha que está envolvida com a esculhambação literária.
Quando se pesquisa acerca de escritores e editoras envolvidos em maracutaias surgem sempre os mesmos nomes, por que será?
Daí aparecerá alguém dizendo que "o blog foi criado com o intuito de perseguir uma meia dúzia de desafetos de alguns participantes", como já li em alguns comentários deixados em outras matérias.
O que pode-se fazer se sempre que recebemos a denúncia sobre algo errado dentro do meio são sempre as mesmas pessoas que estão envolvidas?
Isso só reforça o fato de que não faltamos com a verdade naquilo que publicamos uma vez que está claro que existem elementos que agem de má fé dentro da literatura.
E quando não é o envolvido que reclama surge algum amigo que toma as dores dos elementos citados.
Quem diz isso é porque provavelmente leu uma ou outra matéria do seu "interesse" e desconhece como é amplo nosso leque de denúncias.
Como sempre tentam de forma vã tirar a credibilidade do que é publicado com alegações sem fundamento algum.
Não há a necessidade de acrescentar mais nada, as imagens publicadas acima provam a denúncia.
Será que, ainda assim, aparecerá alguma entidade tentando justificar esse plágio descarado?

Entre em contato: litfanbr@gmail.com


30 comentários:

  1. Sinto lhe informar, mas não sabe o que está dizendo. Não conhece os bastidores da publicação de um livro - e duvido que já tenha estado por trás de uma alguma vez - para saber como funciona. Essa denúncia está totalmente equivocada. Também não conhece a editora e a autora citadas para falar com tanta propriedade. Quando for fazer um post desse tipo, certifique-se de ter as fontes e informações corretas. Calúnia é crime. Qualquer bom jornalista sabe disso.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dizer que esta denuncia está 'equivocada' é chamar os leitores de míopes e retardados,... se as imagens das capas já são uma prova cabal que não tem argumento que descaracterize o plágio. Muito nobre da sua parte tentar defender a amiga escritora, Dona Josy,... mas contra fatos não há argumento.

      Excluir
    2. É necessários provas sim para que seja dito que é plágio. Isso que apontou não é prova nenhuma. Acho que devia medir melhor as palavras antes de sair falando qualquer coisa por aí, sem nem conhecer a editora, seu post está totalmente equivocado.

      Excluir
  2. Uma pessoa que se diz defensora da verdade, aprova os comentários em seu blog. Que contraditório! rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Há algum comentário que não tenha sido aprovado?
      Quem fala sem propriedade aqui é você.

      Excluir
    2. Serei justa e fico feliz que tenha aprovado. Porém, vi tantos posts vazios de comentários que pensei que você não aprovava, já que o meu não entrou assim que postei.

      Excluir
    3. Tudo bem Josy, às vezes o Gabriel demora mesmo para aprovar os comentários.
      Isso se fez necessário devido à quantidade absurda de diarréia mental que era despejada aqui.
      Se observar alguns comentários, até mesmo nessa matéria, entenderá a situação.

      Excluir
  3. Sinopse:
    O fogo se espalha rápido... Você tem medo? Eles têm...

    Em The Burns, conta a história de Debora Spencer, uma atriz de filme de vampiros que é transformada em vampiro por Marcus Burns, o irmão do Líder de Burns, um dos cinco clãs mais poderosos que existem.Marcus tem seus motivos, ela não sabe quais são.Viktor, o Líder, sempre têm planos embaixo das mangas.Ela se vê no meio de uma briga centenária, no meio de jogos de sedução em busca de poder e descobre com o tempo que o mundo dos vampiros é bem diferente daqueles que a gente vê na televisãoEles matam sem pena, eles se alimentam de qualquer humano que estiver a sua frente, não importa se esse humano é seu amigo mais antigo, quando a sede vem, ela tem que ser ouvida e atendida. IMEDIATAMENTE.Um crime abala o mundo vampiro, o culpado é julgado.O culpado é inocente, ela sabe disso. Ou tem quase certeza.Mas o culpado não quer se defender, ela não sabe por que.Ela sabe também que não devia ter se metido nisso, mas agora já é tarde. Ela é o alvo.Mas ela não foge, ela quer respostas, apenas respostas, não mudar o mundo.Enquanto corre para se salvar e achar uma maneira de salvar aquele que é inocente ela se mete n um mundo muito, muito perigoso e ainda mais cheio de segredos que ela imaginava.Vale a pena se arriscar apenas por aquilo que ela acha certo?

    Qualquer semelhança com Anjos da Noite é mera coincidência?

    Originalidade, onde está você minha filha?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Markus, Viktor... que deplorável isso.
      A autora sequer teve a capacidade de criar nomes originais para os personagens do livro...

      Excluir
    2. Quem escreve sabe que não tem como uma pessoa escrever igual a outra, gente. A menos que pegue o arquivo e só mude os nomes. Cada um tem seu jeito de falar sobre o mesmo assunto. Escrever é subjetivo. E se for plágio repetir temas, então tem muitos autores por aí para serem acusados. Insisto. Esse post está totalmente equivocado.

      Excluir
    3. Amiga, no caso dos nomes dos personagens não se trata de plágio, mas sim de ausência criativa por parte da escritora.
      Se ela quer prosseguir com a história do filme ou escrever algo paralelo seria mais decente dizer logo que se trata de fanfic e não de uma obra original.

      Excluir
  4. nossa, voce e o Ze Roberto da literatura nacional
    ele era o dos mangas e eventos de animes
    sabe aonde ele ta hoje? morreu de cancer de tanto falar besteira...
    temos o nosso Ze Roberto, sera que voce e valentao e ridiculo tambem? hauhauhauhauhauh

    ResponderExcluir
  5. Sei lá, não vejo plágio. Ambas as capas só possuem a imagem de uma flor que pode ser achada facilmente em um banco de imagens e usada para qualquer fim.
    E a história de Daimon e Half-blood é bem diferente da de The Burns. Veja bem, não estou defendendo ninguém. Mas acho que foi só uma coincidência de imagens.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Exatamente! Acho que isso está tão claro que por isso não perdi meu tempo tentando explicar, nem defender ninguém, porém assim como plágio é crime, calúnia também é.

      Excluir
  6. Outra coisa! E sempre a mesma gentalha... Poderia ser mais clara em dizer os nomes dessa gentalha? pq é muito fácil usar essas ponderações e generalizar um detalhe tão pífio quando há coisas mais importantes para denunciar. Como corrupção, concorda?

    Acho que a proposta do livro é diferente. Aconselho a ler antes de falar merda, e já ouviu em banco de imagens? Se ainda não pesquise também, isso não reserva direito autoral tão pouco intelectual de ninguém até porque não há como plagiar ideias querida!

    Mas enfim, to curioso pra saber o nome da gentalha na editora, porque estou no mercado há tempos e nunca ouvi falar de ninguém da literata envolvido em escândalos. Cuidado com isso porque você vai ter que provar.

    Acredito que esse blog tinha um conceito bem legal de criticar a forma dura como as editoras grandes não apoiam os autores nacionais, usar esse blog dentro desse sentido seria mais construtivo do que atacar os outros. Gentalha... rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então existe corrupção no meio editorial também? Dessa eu não sabia!

      Indo ao que interessa: em momento algum foi dito que a obra está plagiando outra, a denúncia foi feita em relação à capa, ou isso não ficou suficientemente claro?

      E quanto à gentalha, basta analisar os nomes que sempre estão presentes em nossas denúncias e ver quem trabalha com a Literata ou não, ou será que é difícil fazer isso?

      Povo necessita de curso de interpretação de textos mesmo "estando no mercado há tempos", é brincadeira mesmo...

      Excluir
  7. Perguntas quem não querem calar:Quem são voces no meio literario?Alem de fofocar o que fazem no meio de bom?Falar mal dos outros e até da vida alheia é fazer bem ao meio literario?É salvar a literatura do Brasil?Engraçado isso....Acho que estão esperando algo alem disso talvez serem chamados para programas de fofoca igual a este blog.Pq não é possivel se preocuparem tanto com coisas que como voces mesmo falam são lixo literario!Se é isso mesmo pq se preocupam ?Tanta energia gasta de bobeira amigos se querem fazer algo de util escrevam um puta livro em uma puta editora e calem a boca de quem voces julgam tanto.Acho que é muito papo furado pra pouco conteudo neste blog.Ninguem ta ligando para voces acordem isso ja perdeu a graça!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É verdade cidadao anonimo, ninguem liga para o nosso blog, entao por que voce veio espernear aqui?

      Excluir
  8. Acho que vocês não sabem o que é banco de imagens...
    Alguns exemplos de capas iguais ou parecidas:

    http://heyevellyn.blogspot.com.br/2011/01/livros-diferentes-mesma-foto-de-capa.html

    http://oexploradorcultural.blogspot.com.br/2012/07/livros-diferentescom-capas-iguais.html

    Quantos processos de plágio aconteceram nesses casos? Basta ler os termos de uso dos bancos de imagens para entender como funciona.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Está correto em afirmar que casos como esse acontecem de forma corriqueira, mas basta ler os comentário nas matérias citadas para perceber que as pessoas não aprovam esse tipo de coisa.
      Práticas como essa são realizadas por editoras que não dispõem de recursos para arcar com os custos de uma capa autêntica.
      E se a culpa não é da editora que, como dizem, não possui meios para controlar tudo o que é publicado, elas então que contratem capistas de qualidade melhor que não utilizem dessa prática.
      Oras, uma editora incapaz de primar pela qualidade do que publica preza por algo além de seus ganhos?

      Excluir
  9. Quanto à capa, não há plágio porque é um modelo de imagem de photoshop pronto para ser usado em qualquer tipo de arte que se queira. Um livro usou de um jeito, o outro usou a influência e fez a capa de outro jeito parecido. Isso não é plágio. E a editora não é responsável por isso, já que ela não é obrigada a conhecer todos os tipos de capas que existem no mundo. Quem deve responder por isso é o capista.
    Sobre os nomes dos personagens serem idênticos aos do filme Anjos da Noite, mais uma vez não é a editora que deve ser responsabilizada por isso, e sim o autor. Já que a editora também não é obrigada a conhecer os nomes de tudo quanto é tipo de personagem.
    Aí vocês vem dizer que devia ter alguém responsável na editora para analisar esses fatos. E eu pergunto, que editora tem esse tipo de profissional que só analisa esse tipo de coisa? Esse tipo de profissional existe? Esse profissional que deve conhecer tudo que é capa e personagem já publicado no mundo? Eu desconheço.
    O blog de vocês é interessante, mas vocês estão usando a desculpa de que "é sempre a mesma gentalha" que aparece como vítima de vocês para falaram mal do mesmo tipo de gente. Por quê? Este post, em particular, ataca o sujeito errado, quando na verdade é do escritor que vocês deviam falar, e não dessa editora que faz um trabalho muito legal. Isso ficou injusto.
    Tem muita coisa aqui que faz sentido, a gente pode comprovar nos fatos, mas tem outras coisas que puxam muito para o lado pessoal.
    Sim, há muito lixo na literatura fantástica, mas esse lixo não deve ser confundido com os autores. O lixo é seu livro, e o autor pode fazer o que quiser da vida dele, ninguém tem nada a ver com isso.
    Já foi feita a resenha de algum livro aqui neste blog? A desculpa que vocês dão é a de que "é tão ruim que eu nem consegui ler". Isso não basta para convencer que o livro é um lixo, mesmo sendo.
    Se vocês não são capazes de fazer algo direito, não passarão de imbecis que só conseguem muitas visitas no blog graças às suas baixarias.
    É para falar de literatura fantástica? Então ao menos leiam os livros, porque senão fica parecendo papo-furado de pseudo-intelectuais.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Como mencionei na resposta ao comentário acima: se a editora é incapaz de se atentar à qualidade daquilo que publica, ela é capaz do que então?
      É como um dono de pizzaria que não consegue zelar pela qualidade das pizzas que vende. Tem lógica?
      E quanto à resenhas no blog eu acredito que já existam muitas outras páginas que as publica (boas e ruins), fazer com que nossa página seja apenas mais uma no meio a tantas outras seria ridículo.
      E o fato de não publicarmos resenhas não significa que não leiamos livros. A diferença é que lemos livros de autores que merecem ser lidos e não da cambada que volta e meia é denunciada aqui.
      A argumentação vazia dessa gente cansa...

      Excluir
    2. Estão vendo o que vocês mesmos estão dizendo? A argumentação vazia é de vocês, que se recusam a apontar as falhas do livros "ruins" que criticam. Criticar o que não conhece é preconceito, todos sabem disso. Vocês não apresentam prova alguma das ditas "porcarias" que tanto criticam. É claro que há porcarias, mas vocês simplesmente não usam fundamentos para criticá-las. Olha só o paradoxo de vocês: dizem que não leem os livros da "cambada que volta e meia é denunciada aqui", mas mesmos assim dizem que os livros dessa cambada são ruins??? Cara, quanta infantilidade! rsrs
      E todos nós sabemos que toda editora em crescimento passa por problemas. Mas vocês simplesmente ignoram essa realidade apenas porque existem uma ou duas pessoas que vocês não gostam que estão nessa editora. Por favor, a imaturidade de vocês é que cansa! rsrs

      Excluir
    3. Chutenacara.com.br2 de janeiro de 2013 17:45

      Salve Anônimo, nosso mais assíduo leitor, estava com saudade de você.
      Mas, vamos ao que importa.
      Que provas deve,os apresentar sobre alguma "porcaria" criticada? Todo material devidamente identificado em nossos textos foi feito de forma convincente ou não?
      E quanto a criticar os livros da "banda podre" da literatura, nós lemos (pelo menos eu sim, infelizmente) alguns livros dessa escória e posso argumentar com propriedade.
      Tem certeza que leu todas nossas matérias ou está se baseando em uma ou duas que leu por lhe despertarem mais a atenção?
      Além do mais, podemos partir da seguinte premissa: "não preciso comer merda para saber que é ruim".
      E se você está cansado da nossa "infantilidade", por que ainda perde seu tempo acessando o blog?
      Vai jogar dama que você ganha mais.

      Excluir
  10. Realmente, perco meu tempo acessando este blog. Mas convenhamos, é muito divertido rir e se divertir com idiotas como vocês.
    Tudo aqui foi feito de forma convincente, ou seja, pegaram alguns livros de pessoas que vocês não gostam e simplesmente passaram a criticar, indo para o lado pessoal, o que tira todo o crédito de seriedade dessa merda aqui.
    Se você leu toda essa merda, usa pelo menos parte de seu cérebro para argumentar suas críticas. Ou será que a preguiça é tanta que você só sabe falar merda?
    Li tudo por aqui, e posso garantir que tudo se resume a debates voltados para o lado pessoal. Vocês só falam mal de quem fez alguma coisa com vocês, ou de quem sacaneou vocês, ou usam argumentos de quem falou alguma coisa contra alguém que vocês também já falaram mal. Tudo aqui é voltado para o lado pessoal.
    Realmente, vocês não precisam comer merda para saber que é ruim, mas os leitores desta merda aqui, só saberão o que é merda se vocês disserem o porquê daquilo ser uma merda, e não apenas dizer: "olha gente, estão vendo aquele objeto que vocês não conhecem? Pois é, aquilo é uma merda".
    Entenderam? Ninguém é obrigado a julgar quem não conhece só porque vocês dizem que aquela pessoa é uma merda. Eu mesmo não conheço metade das pessoas que vocês criticam aqui, e fico me perguntando (assim como muitos leitores): "Caramba, cadê o motivo que os levam a chamar aquele livro ou autor de merda?".
    Vocês simplesmente não provam nada, e esperam que os outros acreditem em vocês, apenas porque se desentenderam com seus "inimigos" ou porque foram sacaneados pelas "suas" editoras?
    Tudo bem, tudo bem, fui atrás do cara que vocês falaram que é uma merda e pude comprovar: Esse tal de Eddy Khaos é mesmo uma merda! Escreve errado, fica puxando o saco dos outros etc... Mas o problema é que vocês generalizam demais.
    E o que é pior: não aceitam os argumentos dos visitantes deste blog, que desmentem suas críticas mentirosas. Seria muito mais digno se vocês admitissem que erraram ao julgar algo de forma tão estúpida.
    Pois é, seus idiotas. Acho que já falei a palavra "merda" tantas vezes neste comentário que posso concluir: vocês são mesmo um monte de merda!

    ResponderExcluir
  11. Chutenacara.com.br3 de janeiro de 2013 00:45

    Não se preocupe "Lord Anônimo", compreendo o fato de utilizar a palavra "merda" de forma desenfreada, afinal de contas, cada um expõe aquilo que tem na cabeça.
    But, let´s go again!
    Você diz que nossas matérias perseguem determinados escritores ou editoras por motivos pessoais, ok? Então concluo duas coisas: ou você realmente não leu todas as matérias ou então é tão estúpido que não consegue interpretar textos.
    Vejamos quem já sofreu tijoladas em matérias que publicamos: Fantasticon, Tarja Editorial, Editora Literata, Editora Livro Pronto, Codex de Ouro, Asgard - A Saga dos Nove Reinos, Canápe Editorial e Editora Baraúna, só para citar exemplos de editoras.
    Compreenda, cidadão, que publicamos denuncias que nos são enviadas. Muitas vezes já recebemos os textos prontos, cujos autores preferem utilizar pseudônimos temendo possíveis represálias.
    Em algum dos casos citados acima o que dissemos não se refere à verdade?
    Você mesmo disse que, ao pesquisar sobre o Eddy Khaos, concluiu que se trata de um infeliz de quinta categoria como sempre dissemos. Então onde está a mentira no que é publicado?
    Ainda não entendi o motivo pelo qual nossa página tanto o incomoda, principalmente porque, como você mesmo disse, não conhece a maioria de quem é aqui citado.
    Estamos aqui para publicar denúncias baseando-nos nas informações que nos chegam, se quem faz a denuncia omite informações ou não as inclui nos textos que nos são enviados, já é outra história.
    Mas, ao menos pra mim, o interessante é que quem visita o blog haja como você: pesquise, vá atrás e tire suas próprias conclusões.
    Se escrevemos inverdades (algo pouco provável que aconteça, como você mesmo constatou) que venha a parte ofendida até aqui e tente se defender.
    Se somos retardados, idiotas, infantis ou uns merdas como você mesmo diz, ótimo, não estamos aqui para agradar ninguém.
    O curioso é você, mantendo-se anônimo, ofender pessoas anônimas. Pra mim é o mesmo que ficar soprando em uma bexiga furada.
    Porém, há autores que se identificam, por que então não cria um pouquinho de coragem e faz o mesmo?
    Mostre toda sua valentia e xingue diretamente esses autores, aposto que o papo ficaria muito mais interessante.
    Só espero que seja capaz de aguentar as consequências depois porque, até onde sei, alguns dos nossos autores não são nada delicados.
    Abração Anônimo Master.
    Volte sempre.
    Seu Ibope é nossa alegria.

    ResponderExcluir
  12. Haja visto que nem todos são capazes de fazer uso da internet com bom senso, advertimos que nos reservamos no direito de não publicar comentários que possuam o único objetivo de ofender, sem argumentação alguma acerca da matéria em questão.
    Depois não se queixem de que não abrimos espaço para ambos os lados.
    Quem quer dar showzinho que vá fazer isso na puta que pariu.

    ResponderExcluir
  13. Vamos relembrar algo: o assunto deste tópico foi a editora Literata. Vocês a criticaram, e outras pessoas vieram aqui e apresentaram argumentos que os desmentem. E o que vocês disseram? Foi isso: "se a editora é incapaz de se atentar à qualidade daquilo que publica, ela é capaz do que então?".
    Foi dito que a editora não teve culpa no que aconteceu, que toda editora em fase de crescimento passa por esse tipo de problema, que não há nada errado em usar modelos gráficos para criação de capas, etc. Isso sem contar que essa editora tem feito trabalhos magníficos apesar de todos os problemas que vem enfrentando,mas vocês simplesmente ignoram tudo isso e usam de qualquer argumento que lhes vem à cabeça para continuar falando mal.
    Que crédito de seriedade vocês esperam com isso?
    E pelo o que sei, Fantasticon, Tarja Editorial, Editora Literata, Editora Livro Pronto, Codex de Ouro, Asgard - A Saga dos Nove Reinos, Canápe Editorial e Editora Baraúna... tudo isso faz parte de um mesmo círculo onde muitos estão ligados de alguma forma, não só pela amizade mas também pelos seus profissionais. No entanto, a literatura brasileira fantástica não é só isso. Temos uma variedade muito grande de outros autores e profissionais ligados ao gênero, e que igualmente geram lixo. O suposto "desconhecimento" de vocês perante esse fato só nos leva a crer que vocês dão mais importância a esse círculo.
    São outras pessoas que não querem se identificar que mandam essas matérias para vocês? Isso soa um tanto quanto hipócrita, vocês não acham? Afinal, vocês reclamam dos anônimos mas jogam a responsabilidade de seus comentários nas mãos de outros anônimos.
    E mais: vocês mudam de assunto, não falam nada quando alguém vem e diz que tudo aqui tem um lado pessoal. Ou vocês vão negar que um autor de vocês, aqui mesmo, criou um tópico para reclamar do Gore Boulevard, porque foi sacaneado por esse site etc, e desde então criou críticas para falar mal das pessoas que admisnistram esse site, de uma forma pessoal? Vocês vão negar que falam mal de como uma pessoa se veste, do que ela faz com sua vida particular, quando o que seria mais digno da parte de vocês seria criticar suas obras com base em algum fundamento?
    Mas é aí que vocês perdem, porque nunca apresentam fundamento algum. Não estou aqui para dar showzinho. Eu quero que vocês apresentem fundamentos, para que os leitores daqui tirem suas próprias conclusões.
    Todos nós podemos reclamar das coisas. Eu poderia, por exemplo, criar um blog para falar mal do governo. Mas todo mundo já faz isso. E ninguém da a menor importância quando não se apresentam fundamentos.
    É por isso que poucos dão importância de seriedade a este blog.
    E uma pergunta: eu precisaria pesquisar para descobrir que o que vocês falam em cada tópico é verdade? Bom, pesquisando descobri uma verdade ou outra, mas também descobri muitas mentiras equivocadas da parte de vocês. Ou seja, se vocês publicam algo que mandam para vocês, tenham ao menos o bom senso de pesquisar se isso é ou não é verdade. Ou será que, quando o assunto que chega a vocês, tem algo a ver com alguém que vocês não gostam, e então a sede é tanta que vocês já publicam logo, aceitando isso como verdade?
    Vocês reclamam da falta de coragem da parte que é criticada aqui, mas nunca vi vocês falando nada sobre procurar a parte criticada e perguntar sobre o ocorrido, expondo a visão e resposta de quem foi criticado.
    Aqui, só temos uma versão da história. E vocês não fazem a menor questão de apresentar o outro lado da história. Mesmo sendo o outro lado mentiroso.
    E o que fazem? Agradecem o Ibope... Isso é de se lamentar. Prova que, conteúdo, é a última preocupação de vocês, logo vocês que reclamam tanto de conteúdo.
    Mas tudo bem, vocês possuem a opinião de vocês. Porém, opinião é que nem bunda, todo munda tem a sua.

    ResponderExcluir
  14. Chutenacara.com.br3 de janeiro de 2013 14:32

    Bom perceber que preferiu elevar o nível da conversa caro Anônimo, assim podemos conversar feito gente.
    Quanto à editora da matéria, a Literata, tudo bem que é nova e ainda engatinha no meio editorial, mas isso impede que critiquemos possíveis falhas que ela cometa? Não.
    Vieram até aqui e, através de comentários, explicaram o que houve. Ótimo, o espaço está aberto para isso, mas o que deveria ser feito então? A matéria deveria ter sido apagada?
    O problema é que ela foi criticada e poucos são capazes de aceitar críticas.
    Outro ponto.
    Fantasticon, Tarja Editorial, Editora Literata, Editora Livro Pronto, Codex de Ouro, Asgard - A Saga dos Nove Reinos, Canápe Editorial e Editora Baraúna estão ligadas de alguma forma? Sim, claro, afinal de contas são entidades que nos são familiares de alguma forma. Editoras e obras com as quais mantemos ou mantivemos algum tipo de contato, e assim estamos suficientemente embasados para podermos elogiar ou criticar. Como faríamos isso com o que desconhecemos?
    A matéria que abordou detalhes pessoais de escritores foi escrita por alguém que pouco participa da página. Todos reconhecemos que o autor pegou bem pesado no que redigiu, mas reconhecemos também que ele não faltou com a verdade. Se assim o fosse como os leitores puderam reconhecer de quem a matéria falava?
    E uma única matéria que foge do lado profissional e parte para o pessoal não vai desqualificar todo o restante das matérias.
    O que incomoda, talvez você Anônimo, é o fato de alguém decidir colocar a boca no trombone e romper com o silêncio que imperava até então diante de tanta esculhambação.
    Quanto à matéria sobre o Gore Boulevard, o autor Oscar Mendes Filho está errado em denunciar o fato de os mantenedores da página continuarem fazendo uso do material dele mesmo tendo a coluna dele sido excluída? Está ele errado em desmascarar todas as falcatruas em relação ao Asgard? Que problema há nisso?
    Nas matérias que ele redigiu, em algum momento, ele cita algo fora do profissional e parte para o pessoal? Não li nada disso.
    O problema é que ele, por não dever nada para ninguém e não possuir nenhum vínculo com o meio editorial toma a liberdade, e tem a coragem, de jogar toda a merda no ventilador, e isso incomoda.
    Aqui temos sim, apenas uma versão das histórias, as que são apresentadas por quem denuncia, uma vez que sempre que alguma das partes denunciadas veio até aqui só fez gracejos e utilizou de ironia para se manifestar. Pouquíssimas vezes alguém vei até aqui algum tipo de argumento.
    Leia "Gore Boulevard - a verdade sempre aparece", por exemplo, e verá qual foi a reação dos "organizadores" da página quando questionados sobre a denúncia feita.
    Ou então leia os comentário de "O dedo na ferida" e verá o tipo de argumentação utilizada.
    E somos nós que fugimos dos assuntos? Somos nós que não temos argumentos?
    Seja um pouco mais imparcial amigo Anônimo, assim poderá analisar melhor os fatos.
    E quanto à nossa página não possuir credibilidade, bom, não é o que parece.

    ResponderExcluir
  15. Astrid Underground3 de janeiro de 2013 15:02

    O que eu acho mais curioso é o fato de que a mesma denúncia foi publicada também no blog Vergonha Literária (http://vergonhaliteraria.blogspot.com.br/2012/07/capa-copia_24.html) e ninguém foi lá espernear e encher o saco.
    Por que será que só o blog aqui incomoda?
    Ah sim, é porque ele não tem credibilidade nenhuma.
    :)

    ResponderExcluir

Pode chorar...