Literatura Fantástica Brasileira

Literatura Fantástica Brasileira

22ª Bienal do livro.



Por Astrid Underground.



Desde o dia 09 de agosto (ontem) está acontecendo a 22ª Bienal do Livro, uma oportunidade imperdível para os amantes da literatura, sejam eles leitores ou escritores.
As maiores e mais importantes editoras estarão presentes no evento, onde apresentarão e divulgarão seus grandes trabalhos literários.
Eu disse MAIORES E IMPORTANTES, ou seja, o leitor não correrá o risco de se deparar, por exemplo, com a editorazinha mineira fundo de quintal, UFA!!!
Mas para toda regra existe a exceção, ou seja, algumas bem picaretas conseguiram seu lugarzinho (bem INHO, aliás) no evento.
Sinal de que ter um "stand" no evento não é sinônimo de qualidade, infelizmente.
Talvez seja o momento de finalmente separar-se o joio do trigo, só depende dos visitantes.
Por que prestigiar a editora que tem em seu cartel o hermafrodita com base nos olhos, que redige textos quase incorrigíveis e que (não é segredo pra ninguém) faz capas para Deus e todo mundo só para ter garantido seu lugarzinho em antologias de quinta?
E ele ainda se atreve a organizar antologias! Quem será que revisa os trabalhos, se ele ao que parece desconhece o corretor ortográfico do Word?
Acha que estou exagerando? Então eu provo: 

Mais um dos sites de autores que fasso parte http://recantodasletras.uol.com.br/autores/????????

Está no perfil do indivíduo. É mole, ou quer mais?

Próximo:
Ou então, por que bolinar o ego do tio que vive de um único livro e, ainda assim, é endeusado por uma meia dúzia de acéfalos que seguem seus "ensinamentos" como beatos que assim o fazem com a Bíblia? Porque, sinceramente, para seguir os "mandamentos" de um idiota como aquele não se deve ter um pingo de massa cinzenta.

Mas não me prolongarei mais, acho que o lixo literário já é suficientemente conhecido. Caso ainda restem dúvidas, basta dar uma passeada pelas matérias do blog, ou então nos envie um e-mail, e as dúvidas serão esclarecidas ok?

Boa Bienal, nos vemos por lá!

Entre em contato: litfanbr@gmail.com


3 comentários:

  1. Olá!

    Para ter um stand na Bienal (ou qualquer evento parecido), não é necessário boa qualidade, apenas dinheiro.

    O nosso povo tem que aceitar a realidade do Brasil: que aqui as coisas são compradas e não conquistadas por merecimento ou competência.

    Isso vale, inclusive, para as gráficas camufladas de editoras. O povo dá o maior valor pro autopublicado por uma editora de fachada ( porque pensam que é EDITORA e que o livro foi publicado por sua boa qualidade literária - que pode até ser muito boa, mas tudo foi bancado pelo autor)e desdenham e viram a cara pro autopublicado "sem etiqueta de marca".

    É isso ae, meu Caro...

    Bjoxxx!

    ResponderExcluir
  2. Sou gaúcha, escrevo e lanço de forma independente. Não fui pra Bienal por um único motivo: Não quis pagar pra expor.
    Ponto.
    Bienal é $$. Só isso.

    ResponderExcluir
  3. Walter Tierno
    há 20 horas
    Corro o risco de ser injusto, mas bloqueio qualquer um que concorde com post que me ataque gratuitamente em blog troll.

    A verdade dói, tio?

    ResponderExcluir

Pode chorar...