Literatura Fantástica Brasileira

Literatura Fantástica Brasileira

Autores VERSUS Blogs literários.



Por Paramimvocêmorreu.com.br. 





Quem é escritor nacional e já está nesse caminho há mais de dois anos, sabe, conhece e reconhece o trabalho fundamental que blogueiros literários desempenharam (e vêm desempenhando) para a divulgação de uma obra. Na mesma proporção que cresceram novos escritores, editoras sob demanda explodiram, os blogs literários multiplicaram, mas o único fator que não cresceu nessa progressão geométrica acelerada, foram os leitores.



O mercado literário, para um país de poucos leitores como o Brasil, foi um grande filão nos últimos tempos, praticamente um negócio da China!



Os escritores que surgiram junto com esse movimento (há dois, três anos), tiveram a oportunidade de firmar parcerias com blogs literários dedicados e responsáveis, onde o autor entrava com o livro, e o blogueiro com a resenha. Tinha um certo charme tudo isso, pois não raro, autor e blogueiro terminavam ficando amigos; havia uma cumplicidade a mais, uma amizade que acabava se tornando genuína, independente de livros e blogs. Estou me referindo no passado, pois algo nessa relação Blogueiro & Escritor, morreu.



Hoje, os escritores são muitos, os blogs literários são milhares! A relação entre um e outro virou contratual, fria, soberba! Desde que alguns escritores se sentiram ofendidos com resenhas feitas por blogueiros, sobre suas obras, a coisa detonou de vez! Tendo em vista isso e também, a prepotência de alguns blogueiros, que se acham críticos literários gabaritados, não há mais pessoalidade nessas relações, tampouco, comprometimento. Antes, havia um prazo mínimo para o blogueiro ler o livro do autor e resenha-lo, hoje, já não há mais prazos, sequer há  segurança de que o blogueiro lerá o livro que recebeu do escritor ou não (e aiii de quem ousar reclamar).



Tenho visto “N” discussões por aí acerca de fazer ou não parcerias com escritores nacionais, tudo porque um autor ou outro, acabou dando um Pitchizão quando leu uma resenha negativa ou ganhou uma, duas, três estrelas em sua obra.

Gente,  o escritor que acha que os blogs literários, sozinhos, têm o poder de vender as obras que resenham e divulgam, deveriam parar de escrever e vender sabão. Outro tanto, esquentar porque suas obras foram mal avaliadas por determinados blogueiros é de dar dó! Se você tem uma obra de qualidade em mãos, não será uma resenha contraproducente ou outra, que o fará perder oportunidade.



Deixo a dica para alguns blogueiros literários: Sejam menos arrogantes, pois é mais fácil resenhar (seja para falar bem ou falar mal), do que escrever um livro e publicá-lo, em país de bananas como o nosso.



Fazer parcerias ou não com “Escritor nacional?”, por que? Você blogueiro literário é “Internacional?” Imagino se o fosse...

Aos escritores, deixo a dica também, antes de firmar um milhão de parcerias com esses milhões de blogs que existem por aí, leiam as resenhas deles, procurem saber que tipo de gênero literário eles leem/gostam e vejam se combina com o que você escreve, pois alguns blogueiros confundem seus “gêneros literários preferidos” e “avaliam” mal, obras que não se encaixem em seus estilos. Um escritor de livros de terror não deveria fechar parcerias com blogueiros literários que só gostam de livros no estilo Chick-lit ( não rola, né?).



E o mais importante (pois livro custa dinheiro e correios também, embora alguns blogueiros desconheçam isso ou se façam de bobos), verifique antes de fechar parceria se o blogueiro tem bom nome na praça, pois alguns só querem somar livros e depois desaparecem, sem ler o que receberam! Meus amigos blogueiros, vida de escritor não é fácil! Se vocês não gostam de determinada obra, ao menos façam o sorteio do livro que o escritor enviou e postem a resenha (negativa ou não) em seus respectivos blogs! Afinal, não é essa a finalidade das parcerias?



Entre em contato: litfanbr@gmail.com

4 comentários:

  1. Gostei das dicas!
    Parabéns pela postagem.
    Adriana

    ResponderExcluir
  2. very interesting tips..many thanks for all of this...

    ResponderExcluir
  3. Primeiramente parabéns pelo blog e pelo trabalho!

    Eu não posso ter a honra de ser chamado de escritor, pois não me dedico e por enquanto nem posso me dedicar 100% a esse trabalho, mas estou escrevendo um livro e mantendo um blog.

    O blog começou em uma brincadeira com alguns amigos e acabou ficando sério. Nele escrevo sobre o cotidiano, sem compromisso com nada. Apenas escrevo.

    Já com meu livro eu espero fazer um bom trabalho. Por isso estou pesquisando para descobrir qual é o melhor caminho a ser trilhado para ter sucesso. Já percebi que está muito longe de ser fácil, mas é bom saber que é possível encontrar opiniões claras na internet.

    Parabéns!

    Antonio Frauches
    blogdofrauches.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Pode chorar...