Literatura Fantástica Brasileira

Literatura Fantástica Brasileira

52º Dia do escritor.


Por Equipe Literatura Fantástica Brasileira.




Não poderíamos deixar de prestar uma homenagem aos escritores nesse 25 de julho, data dedicada à categoria.
No Brasil, mesmo diante de tanta dificuldade, os escritores mantém-se firmes em seus propósitos de transmitir, através das letras, pensamentos, fantasias, ideologias e etc.
O que seria da humanidade sem os livros? E o que seriam dos livros se não houvessem escritores?
Um escritor pode nos fazer chorar, rir, ter medo. Um escritor pode nos fazer repensar, mudar de idéia. Um escritor nos leva a viver ou partilhar emoções e experiências, conhecendo lugares e costumes, sem que precisemos sair de casa ou do conforto da cabeceira.
Mas não ficaremos aqui apenas enaltecendo a categoria, por mais que ela mereça, e vamos a algo útil: você conhece a origem da data?

No dia 25 de julho de 1960, após a realização do primeiro Festival do Escritor Brasileiro, promovido pela União Brasileira de Escritores, tendo João Peregrino Júnior na presidência, e Jorge Amado, como vice-presidente, foi criado o Dia do Escritor.
Sim, a data completa cinquenta e dois anos de existência.

Fica aqui, em nome de toda a equipe do blog, nossa homenagem a todos os escritores (apenas para aqueles que realmente merecem esse título).

E, claro, para tornar nossa homenagem bastante original, lançamos o selo da campanha: No dia 25 de julho, chute a cara de um escritor picareta!
Nossa forme de tentar limpar a categoria, colocando fora de combate toda a gentalha que emporcalha o meio com lixo literário.

Entre em contato: litfanbr@gmail.com


Um comentário:

  1. Que pena, não deu pra participar da comemoração... tava de férias XD~

    ResponderExcluir

Pode chorar...