Literatura Fantástica Brasileira

Literatura Fantástica Brasileira

Quanto mais mexe...



Por Chutenacara.com.br

...mais fede!!!!

É bem assim que funciona a Literatura Fantástica nos dias de hoje, quanto mais fuçamos, mais merda encontramos.
Informações bem interessantes a respeito de um projeto publicado por uma "renomada editora" que reúne em seu seio toda a escória literária que se reuniu em torno de um "selo" para serem capazes de ter seu lixo publicado.
Não citarei o nome, por política da página, mas ficará fácil reconhecer a o que me refiro.
A editora que "desde 1996 divulga conto de literatura fantástica" resolveu criar um projeto para reunir contos, até aí tudo bem, não seria novidade nenhuma haja visto que é o que os ambiciosos (ou mortos de fome?) mais fazem. O curioso é que alguns escritores foram convidados para ingressarem no projeto com seus trabalhos, mas misteriosamente os trabalhos enviados não foram "selecionados" para fazerem parte dele.
Nenhuma satisfação foi dada, até que o nome da lista de "aprovados" foi divulgada.
Bom, claro que ninguém é obrigado a publicar algo de baixa qualidade (???) em um projeto pelo qual ele se responsabiliza, mas se esse cidadão sabia da incapacidade desses escritores por que os convidou? Para "ganhar pontos" com o pessoal da panelinha?E mais curioso ainda, a dondoquinha namorada do "editor" teve seu conto publicado, por também ter sido convidada, convém dizer que se trata de um conto de ótima qualidade (!!!!!!).
Isso só retrata a total falta de respeito e profissionalismo dessa gente, que tenta dar o passo maior que a perna e acaba fazendo merda.
Só para completar: essa mesma "editora" é a mesma que, segundo fontes totalmente confiáveis, utiliza somente o WORD para revisar os textos que lhes são enviados.
A maré não deve mesmo estar boa, nem dinheiro para pagar um revisor o "organizador" possui? Claro, pagar, porque um coitado do naipe dele é totalmente desqualificado para revisar qualquer texto.
Preciso dizer mais alguma coisa?

Entre em contato: litfanbr@gmail.com


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pode chorar...